Young african pregnant woman having tender moment touching her belly outdoor - Focus on top hand

Rotina de gestante: Cuidados com a saúde da mulher antes, durante e depois da gravidez

Na fase da vida em que a mulher decide ter filhos, a saúde dela é o que começa a preparar a saúde do bebê. Os cuidados com o seu bem-estar (físico e emocional) devem começar já na fase do planejamento da gestação.

Na reportagem de hoje, vamos esclarecer quais são os principais cuidados que mulher deve ter com a própria saúde antes, durante e depois da gravidez. Boa leitura!

Antes

O início da sua preparação para a maternidade inclui consultas e exames médicos que devem começar ao menos três meses antes de iniciarem as suas tentativas de engravidar. Entre os exames necessários – além dos ginecológicos de rotina – estão o hemograma completo, exames de urina e fezes, além dos sorológicos (citomegalovírus, rubéola, toxoplasmose, sífilis, hepatite B e aids). Caso haja doenças genéticas no histórico da sua família, informe isso ao médico, que poderá solicitar alguns exames específicos.

Outras orientações no período pré-gestacional:

• Atualize suas vacinas
• Pratique atividades físicas
• Não fume
• Mantenha uma alimentação saudável
• Se precisar, inclua na sua dieta suplementos de ácido fólico

Durante

Para os primeiros três de gestação, período em que o risco de abortos espontâneos costuma ser maior, existem orientações simples e fundamentais:

• Mantenha a rotina de consultas e exames pré-natais
• Converse com seu médico antes de parar ou começar o uso de qualquer medicamento
• Não beba
• Não fume
• Evite alimentos crus
• Diminua o consumo de produtos com cafeína (incluindo chás)
• Pratique atividades físicas leves (evite as de alto impacto/intensas)

Em caso de corrimentos vaginais, fique atenta às alterações de cor e odor. Procure um médico para identificar a causa. O seu ginecologista/obstetra de confiança também poderá indicar novos exames ou vacinas necessários durante cada fase da gestação. Isso é essencial para a sua saúde e a saúde do seu bebê. 

Depois

O período pós-parto será de muitas descobertas, aprendizados e vistas. Essa fase de oito semanas até a volta da menstruação também é chamada de “puerpério” e inclui muitas transformações físicas e psicológicas para a mulher. Cuide do seu bebê e de você mesma!

Veja sete dicas especiais:

1 • Atenção eu seu peso: Logo após o parto a mulher costuma eliminar cerca de cinco quilos (somando o peso do bebê e da placenta). Em poucos dias, líquidos retidos durante a gestação e a própria amamentação ajudam a mamãe a perder mais dois ou três quilos. Não se preocupe com a aparência do abdômen na primeira semana após o parto, pois o útero ainda não diminuiu completamente.

2 • Cuidado com os seios: Observe suas mamas com frequência, pois podem haver complicações como mastite, infecção das glândulas mamárias, além de ressecamento/fissura da aréola, por exemplo. Em caso de dores ou vermelhidão, procure seu ginecologista.

3 • Mantenha a higiene: A região genital precisa de cuidado e deve ser higienizada com água e sabonete neutro. Os absorventes devem ser trocado pelo menos a cada quatro horas, principalmente nos primeiros dez dias após o parto.

4 • Observe as cicatrizes: Seja o corte no canto da vagina (partos naturais) ou o corte da cesariana devem ser bem cuidados e limpos com água e sabonete neutro. Mantenha essas áreas secas para evitar complicações. Em caso de sinais de infecções (vermelhidão, dor intensa, secreção ou odor), procure seu médico.

5 • Restrição de alimentos: Você pode ter náuseas e vômitos nos primeiros dias depois do parto. Por isso, dê preferência a alimentos de fácil digestão e compostos de bastante água (sucos, melão e melancia, por exemplo). Evite o excesso de açúcar e comidas muito gordurosas, pois elas tendem a piorar o inchaço e o mal-estar. Após a melhora desses sintomas, volte aos poucos à dieta normal – e saudável – aumentando a ingestão e proteínas e ferro.

6 • Hábitos saudáveis: Evite bebidas alcoólicas, cigarro e drogas ilícitas. Jamais se automedique!

7 • Exercícios físicos: Caso tenha feito parto normal, inicie atividades leves e curtas após duas semanas. Isso ajuda até a diminuir o inchaço. Vá intensificando aos poucos as atividades. Se tiver dado à luz via cesárea, os exercícios físicos podem ser feitos depois de quatro a seis semanas. Consulte seu médico!

Aqui tem gente. Aqui tem vida. Aqui tem Unimed.

Read More

No Dia da Grávida, Unimed Cascavel ressalta os projetos de Medicina Preventiva para gestantes e bebês

O número nove representa os meses da gestação humana e marca a data em que é comemorado o Dia Mundial da Grávida: 9/9 (9 de setembro). No artigo desta semana, a Unimed Cascavel presta uma homenagem às grávidas e relembra o quanto a Medicina Preventiva oferecida pela Cooperativa é importante para gestantes e bebês. 

Boa leitura!

O primeiro universo

Mais de um milhão e meio de bebês nascem a cada ano, no Brasil. Antes de serem apresentados a este mundo eles conhecem um universo único dentro do ventre materno, onde já é possível sentir as primeiras sensações, ouvir, sorrir e até chorar. 

É ali que começa a ligação entre mãe e filho (a), por meio de uma conexão emocional e física. Nesses nove meses, a saúde da mulher e do bebê estão totalmente entrelaçadas. Por isso a importância de um pré-natal cuidadoso, além de um acompanhamento especial de medicina preventiva. 

Na Unimed Cascavel, beneficiárias gestantes têm acesso a um programa completo, que vale a pena conhecer:

Cegonha 

O projeto do setor de Medicina Preventiva da Unimed Cascavel é destinado às beneficiárias que estejam a partir da 12ª semana de gestação. É um meio de orientar as futuras mamães e papais sobre os cuidados na gestação, no parto e também no período de pós-parto. 

Uma equipe formada por médico, enfermeira, nutricionista, fisioterapeuta e psicóloga é responsável por fornecer todas as orientações em encontros semanais (terças-feiras, às 18h30) realizados na Clínica da Unimed Cascavel, que funciona no Centro de Atenção à Saúde (CAS).  

A programação é dividida em sete módulos: 

1 • Vias de parto.
2 • Alimentação na gestação e no pós-parto. Métodos não farmacológicos para alívio da dor durante a gestação e no trabalho de parto.
3 • Aspectos psicológicos e sexualidade na gestação e no pós-parto.
4 • Amamentação.
5 • Rede de apoio.
6 • Cuidados com o recém-nascido na sala de parto. Icterícia neonatal e vacinas durante a infância.
7 • Cuidados com o recém-nascido, banho, manobras de desengasgo e cuidados com o coto umbilical.

Clique AQUI e tenha acesso às cartilhas orientativas do Cegonha.

O projeto também oferece duas informações essenciais para a gestante:

Parto Adequado

Essa iniciativa identifica modelos inovadores e viáveis de atenção ao parto e nascimento, valorizando o parto normal e reduzindo o percentual de cesarianas sem indicação clínica na saúde suplementar, além e oferecer às mulheres e aos bebês o cuidado certo, na hora certa, ao longo da gestação, durante o trabalho de parto e pós parto, considerando a estrutura e o preparo da equipe multiprofissional, a medicina baseada em evidência e as condições socioculturais e afetivas da gestante e da família.

Clique AQUI e saiba mais sobre o Parto Adequado

Oficina de preparo pélvico

Realizadas em sete encontros, as atividades têm acompanhamento de uma fisioterapeuta que aborda técnicas, exercícios e orientações sobre como conduzir os exercícios e fortalecimento e relaxamento da musculatura perineal. Se você tem plano Unimed Cascavel e está gestante com mais de 12 semanas, entre em contato pelo número (45) 3038-8989 e faça a sua inscrição. 

Cuidar de você. Esse é o plano.

Read More